Andar à toa…

Publicado em:blog- jan 17, 2013 Nenhum comentário

O sempre belo e saudoso Marcos Paulo costumava dizer que a diferença dos paparazzi de outrora para os de hoje é que enquanto jantamos com alguém a foto já circula na internet.

Pois é Marquinhos vivemos um verdadeiro Big Brother e qualquer um, com celular na mão, vira paparazzi em potencial.

Celebridades que se cuidem!

Mas essa realidade já nos atinge pobres mortais que, também, vivemos momentos celebrity, pois as revistas se multiplicaram e a fotografia de eventos se banalizou.

Não há mais happy hour, inauguração de vitrine ou, até mesmo, batizado de boneca que escape do arsenal de flashes profissionais e amadores.

Ir a um desses eventos se tornou atividade de risco pois sua imagem, decerto, irá parar na rede. E foto baranga, sinceramente, não dá!

Pobre de nós mulheres que após anos de luta para abolir espartilho e sutiãs nos vemos agora  reféns da própria imagem.

E cada flash pode virar um mergulho na baixa auto-estima.

Abaixo a escova progressiva!

Pelo direito de soltar os cachos a volonté sem virar baranga profissional, please!


Deixe um Comentário